Agachamento Emagrece

Perder Gordura Abdominal Fazendo Agachamento

Agachamento Total, Bumbum Durinho Pode Ser Feito Em Casa!

Quantos agachamentos devo fazer por dia para engrossar as pernas?

O agachamento é considerado um dos exercícios mais eficientes para definir e aumentar o bumbum e as pernas e, por isso, se tornou um exercício muito praticado. Mas, assim como qualquer exercício, existem alguns cuidados que devem ser tomados para fazer o exercício da forma correta para garantir a sua saúde… e, de quebra, vai turbinar seus resultados. Musculação agachamento, agachamento com anilha e várias maneiras diferentes de fazer esse exercício é o que atrai muitas mulheres a procurarem e gostarem de fazer esse tipo de exercício.

Se a pessoa for iniciante, é muito importante fazer um treino educativo antes de começar a pegar peso. Durante três a quatro séries, deve-se evitar qualquer tipo de peso adicionado ao movimento, para que primeiro possa entender como são os encaixes articulares do corpo, evitando assim, lesões e posteriormente levando a execução errada para os treinos mais avançados, prejudicando ainda mais a saúde.

Depois desse período de adaptação, pode passar a realmente fazer agachamento livre, mas sem peso, que deve ser colocado somente depois de quatro e cinco semanas. Em termos de movimentos corporais, não há diferença entre o agachamento com ou sem peso.

Postura Correta Para Bumbum Durinho

Posição dos pés: Imagine que seu corpo é um retângulo, e os pés, as pontas do retângulo. Eles devem ficar um pouco mais afastados do que a linha dos ombros. Lembrando que esta é a posição mais tradicional: se quiser trabalhar mais o glúteo, aproxime mais os pés um do outro. Se o foco for a coxa, afaste mais as pernas.

Posição da coluna: Esse é um dos principais problemas no agachamento. É necessário manter o abdômen sempre contraído, porque isso protege a lombar de lesões. Aliás, o fortalecimento do core, que é o conjunto de abdômen e lombar, é importantíssimo na musculação, porque te permite fazer movimentos com menor risco de você se machucar. A posição da lombar deve acompanhar a curvatura do glúteo, mas sem entortar, e as costas inteiras devem estar retas, porém sem forçar. Como se você fosse sentar em uma cadeira. 

Posição do quadril: Tem que ser jogado para trás, e não para frente.

Posição do peito: Deve ser projetado para frente, mas sem exageros.

Posição dos joelhos: Devem ser mantidos paralelos, sem entortar para dentro ou para fora. Tudo isso deve ser feito dentro das limitações e possibilidades articulares da pessoa. Se ela, por exemplo, tiver joelhos voltados um pouco para dentro, é natural que o movimento no agachamento siga um pouco essa posição. Os joelhos devem ficar agradáveis para fazer o movimento. Mas é essencial que a linha dos joelhos não ultrapasse a ponta dos pés para não forçar a patela, os ligamentos. Se ultrapassar a linha dos pés com a linha dos joelhos, a curvatura segura da lombar é perdida, e o risco de lesão aumenta.

Posição das pernas e dos glúteos: Isso vai depender das limitações articulares de cada pessoa também, de. Quanto mais conseguir descer, melhor é, porque mais unidades motoras são ativadas e o trabalho muscular é maior. Enfatiza toda a região das coxas e dos glúteos e a contração é mais intensa. Se a pessoa não tiver nenhuma limitação articular, pode descer até encostar o bumbum no solo.

Posição do pescoço: Deve-se sempre olhar para frente, mas sem sentir dor ou sobrecarga nas vértebras.

Posição dos braços: À frente da linha do peito, para que o abdômen e a lombar fiquem encaixados.

biamiyaji